Resenhas

Aconteceu em Paris – Molly Hopkins [Resenha]

12 de abril de 2018

Aconteceu em Paris: Evie Dexter quer fazer carreira como guia de turismo. Determinada como é, e cheia de coragem por causa de um ou outro drink, ela logo começa a “melhorar” seu currículo. E consegue um ótimo emprego: acompanhar turistas por toda Paris. Agora é só uma questão de se firmar como profissional demonstrando o seu melhor. Mas os vinhos franceses são tão gostosos… E seu tutor, Rob, é bonito demais!

Aconteceu em paris : capa do livro

 

Título: Aconteceu em Paris (It Happened in Paris)

Autor: Molly Hopkins

Editora: Novo Conceito

Páginas: 480

Adicione no Skoob

Aconteceu um abandono

Como vocês podem ler, a sinopse de Aconteceu em Paris é bem cativante e a capa nos promete um ótimo romance. Infelizmente, não é isso que o livro contém. Admito que até um tempo atrás não lia nada do gênero. Achava que não iria me interessar, mas comecei a ler alguns romances de diversos autores e fui gostando.

Aconteceu em Paris - 1

Mas o livro não é um romance, é um chick-lit. Um gênero que já tinha me dado algumas dores de cabeça com “O Diabo veste Prada”, o único livro que eu havia abandonado na vida, até agora.

Aconteceu em Paris começa nos apresentando à protagonista, Evie. Uma mulher desempregada que gasta seu dinheiro apenas em diversão, principalmente bebidas. Ela quer aproveitar a vida sem compromisso e responsabilidades. Quando percebe que seu dinheiro está acabando e precisa arrumar um emprego logo pensa em virar Guia Turística para ser paga para viajar, conhecer e aproveitar outros países.

Após mentir em seu currículo, Evie consegue uma entrevista. Por sorte, sua entrevistadora está de ressaca e acaba cochilando no meio da entrevista, garantindo à ela o emprego de guia em Paris. Mas ela não conhece nada sobre Paris!!

Peguei meu guia de Paris da bolsa e folheei as páginas, tentando decorar o máximo de fatos e informações que pudesse. Estava agitada, nervosa e com as palmas das mãos suadas. Eu queria aquele emprego. O problema é que não poderia ser eu mesma. Certamente essa era a última pessoa que eu deveria ser, porque eu não teria nenhuma chance de conseguir esse emprego.

Porque abandonei?

Aconteceu em Paris- 2

Evie viaja para a França sem documentos, conhece o motorista gato Rob e faz com que ele gaste horrores em maquiagem para ela, já que ela esqueceu a carteira em casa, e mente tudo que pode sobre Paris para os turistas.

Conclusão, abandonei o livro e não tenho vontade de continuar. Não consegui gostar de nenhum personagem criado pela autora, todos são muito superficiais e egocêntricos. Com exceção de Rob, que é um bobão pela Evie e faz tudo que ela quer. Me fazendo sentir muita raiva de como ela se aproveita da nobreza do rapaz.

É claro que vou continuar dando chances para o gênero Chick-lit, mas não tenho intensão de ler qualquer outro livro da autora e já deletei esse eBook do meu Lev.

Quero saber a opinião de vocês! Já leram o livro? O que acharam?

Beijos!

Comentários

comentários

Only registered users can comment.

  1. Olá, Annie.
    Eu concordo inteiramente com você. Li esse livro quando lançou e achei ele horrível. Metade do livro ela passa mentindo e a outra metade bebendo. Foi uma grande decepção.

    Prefácio

  2. Oi Annie, tudo bem?
    Credo, que protagonista zuada!
    Eu não ia gostar de vê-la se aproveitando do rapaz também. 🙁
    Odeio abandonar livros, mas às vezes é necessário, pois não valem a raiva que nos fazem passar hahaha!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    1. Oi, Priih! Tudo ótimo e com você?
      Nem me fala, achei super irritante cada palavra que saía da boca dela.
      Eu não me arrependo de abandonar esse tipo de livro. Existem tantos livros bons que eu quero ler e não vale a pena perder tempo com livros sem conteúdo.
      Beijos!!

  3. Oi, Annie!

    Acho que você não tem sorte mesmo com chick-lit. Eu gosto do gênero e acho que até mesmo os livros da Carina Rissi se enquadram no estilo, mas com certeza eu também detestaria Aconteceu em Paris. A protagonista é o meu completo oposto e só de ler o quão irresponsável ela é já me deu nervoso. Falta maturidade nesse povo, e egocentrismo eles possuem de sobra pelo visto. Apoio sua decisão de abandonar o livro! E apoio também você arriscar nos livros da Carina, esses sim são romances leves e divertidos :DD

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    1. Oi Carol,
      Não sei se eu encaixaria os livros da Carina Rissi nesse meio. Eu li apenas um livro dela e gostei muito, apesar da história ser meio clichê.
      Eu tenho comigo que os livros dela são mais cômicos e com conteúdo, diferente dos chick-lits que li.
      Tenho muita vontade de ler outros livros dela. Obrigada pela dica!
      Beijos!!

  4. Oi Annie, bem estranha mesmo a premissa, mas acredito que a intensão seja que esta história seja meio que comédia pastelão, unicamente para fazer rir.

    Eu particularmente, também não curto muito!
    Pena que tu não tenha curtido! Beijos

    1. Pois é, Joice.
      Mas se era pra fazer rir falhou miserávelmente. Me fez sentir tanta raiva que eu estava quase entrando no livro e saindo no tapa com todo mundo. rsrs
      Espero nunca mais encontrar um livro que me deixe assim.
      Beijos!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *