Chamado do Cuco
Resenhas

O Chamado do cuco – Robert Galbraith [Resenha]

20 de março de 2018

Chamado do cuco - capa do livro

 

Quando uma modelo problemática cai para a morte de uma varanda coberta de neve, presume-se que ela tenha cometido suicídio. No entanto, seu irmão tem suas dúvidas e decide chamar o detetive particular Cormoran Strike para investigar o caso.Strike é um veterano de guerra, ferido física e psicologicamente, e sua vida está em desordem. O caso lhe garante uma sobrevida financeira, mas tem um custo pessoal: quanto mais ele mergulha no mundo complexo da jovem modelo, mais sombrias ficam as coisas e mais perto do perigo ele chega.

Título: O Chamado do Cuco (The Cuckoo’s Calling)

Autor: Robert Galbraith

Editora: Rocco

Páginas: 448

Adicione no Skoob

O Chamado do Cuco me fez lembrar muito dos livros de Agatha Christie. Com certeza podemos notar uma inspiração na rainha dos romances policiais. A tradução é de Ryta Vinagre, nunca tive problemas com as traduções dela, mas percebi alguns problemas neste livro. Alguns dialetos poderiam ter sido traduzidos diferentemente, fora isso o livro é fantástico!

Logo na primeira página vem escrito: Robert Galbraith é pseudônimo de J.K. Rowling. Achei isso muito ruim para a autora, que ficou muito brava com o feito, e com razão! Se ela quisesse ser identificada como autora do livro, não teria utilizado um pseudônimo… Mas voltando ao assunto!

Me envolvi muito neste misterioso caso do detetive Cormoran Strike. Strike é um veterano de guerra com muitos problemas pessoais e financeiros. Um personagem real e humano como todos nós. Quando recebe um caso sobre a morte de uma famosa modelo, que pode também resolver seus problemas financeiros, Cormoran se envolve em uma busca interminável de possíveis suspeitos. Contando sempre com a ajuda de Robin, sua inteligente e prestativa secretária, curiosa e apaixonada por seu trabalho. Robin devia ser apenas uma temporária, pois Strike estava muito afundado em suas dívidas para pagá-la por tempo integral. Porém, Robin acaba envolvendo-se com o caso. Ela demostra-se tão útil com sua eficiência que Strike não pode dar-se ao luxo de vê-la ir embora e tenta mantê-la por perto o máximo possível.

Uma luz fria banhava o interior da tenda. Dois homens estavam agachados ao lado do corpo, prontos para, emfim, transferi-lo para um saco mortuário. A cabeça da mulher sangrara um pouco na neve. O rosto estava esmagado e inchado, um olho reduzido a uma prega, o outro mostrando uma lasca de branco opaco por entre as pálpebras distendidas. Quando o top de lantejoulas que ela vestia cintilava nas leves alterações da luz, dava a impressão inquietante de movimento, como se ela voltasse a respirar ou retesasse os músculos, pronta para se levantar.

 

O Chamado do cuco é envolvente e chega a um ponto em que você não confia mais em ninguém. Todos podem ser o assassino, todos podem ter um motivo. Um livro para passar noites e noites acordadas. Recomendo muito!

E vocês, já leram? Beijos!!

Comentários

comentários

Only registered users can comment.

  1. Olá, Annie.

    Esse era um dos livros que esta na lista de espera, já há um tempo. Soube que havia sido escrito pela J.k. Rolling e isso relamente atiçou minha curiosidade. Um livro envolvente do tipo que não largamos facilmente.

    Parabéns pela resenha.

    R.W.

    Obs: Achei seu blog muito fofo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *