Para onde ela foi - Resenha
Resenhas

[Resenha] Para onde ela foi – Gayle Forman

22 de janeiro de 2018

Para onde ela foi - Gayle Forman

 

Título: Para onde ela foi (Where she went)

Autor: Gayle Forman

Editora: Novo Conceito

Páginas: 240

Ano: 2013

Adicione no Skoob

Fazem três anos desde o acidente devastante… três anos desde que Mia saiu da vida de Adam para sempre. Agora vivendo em lugares opostos, Mia é uma estrela de Julliard em ascensão e Adam é perseguido pelos tabloides de LA, graças ao seu novo status de Rock Star e sua namorada celebridade. Quando Adam acaba ficando sozinho em Nova York, o destino junta novamente o casal, por uma última noite. Enquanto eles exploram a cidade que se tornou a casa de Mia, revisitam o passado e abrem seus corações para o futuro – e um ao outro. 

Para Onde ela Foi, para mim, foi bem menos emocional do que Se eu Ficar. Ainda é um livro lindo e que nos conquista e nos pega pela bela escrita da autora, mas não rende rios de lágrimas como o primeiro livro. Se você não leu, eu fiz a resenha de Se eu ficar aqui.

Ao contrário de Se eu Ficar, que foi um livro muito voltado à perda e ao sentimento de Mia em relação à sua Família, este é um livro voltado à relação de Mia com Adam. Onde revisitamos situações vividas no livro anterior e vemos o quanto isso afetou nossos protagonistas, que agora estão três anos mais velhos. 

O livro é narrado pelo ponto de vista de Adam. Três anos depois ele é o típico Rock Star que enche os tabloides, se mete em confusão, não se dá bem com a banda e tem uma namorada super modelo. Mas Adam é muito apegado ao passado e, principalmente, à Mia. Sempre buscando em sua memória algum motivo pelo seu abandono. 

Senti muito a dor de Adam nesse livro. Gayle Forman foi muito feliz no momento de retratar o lado humano de seus personagens. Mais uma vez me peguei me colocando no lugar do personagem e me perguntando o que faria nessa situação. Adam não é um personagem chorão, mas suas tristezas e assuntos inacabados com Mia o fizeram buscar uma vida vazia onde ele não se sente realizado como pensava que se sentiria. 

“Mas eu faria de novo. Faria aquela promessa milhares de vezes e a perderia milhares de vezes para tê-la ouvido tocar a noite passada ou vê-la esta manhã à luz do sol. Ou mesmo sem isso. Só para saber que ela estava em algum lugar aí fora. Viva.” 

 

Mia, por sua vez, viveu a vida que sonharam para ela. Ao mesmo tempo que tentava se recuperar de todos os acontecimentos do primeiro livro. Ela também viveu um dia de cada vez e nos emociona ao longo da leitura. 

É um livro lindo assim como o primeiro, sem a parte da choradeira, mas ainda assim muito emotivo e sincero. Espero poder ler outras obras da autora logo, pois essa me deixou com gostinho de quero mais. 

E vocês? Já leram? Não deixem de comentar! Beijos!

Comentários

comentários

Only registered users can comment.

  1. Ahhhh eu sou apaixonada pelo primeiro livro (inclusive ele está na minha lista de favoritos), lembro que o li quando ainda era publicado pela Rocco 🙂 Quando peguei a continuação eu também senti o que você sentiu – o primeiro ser mais emocionante e tal – mas esse segundo foi uma resposta às minhas orações haha Foi tão bom saber o que aconteceu depois e fiquei o livro todo querendo colocar o Adam no colo #shame

    Esse último quote que você colocou na resenha aqueceu meu coração para uma possível releitura da duologia, vou me programar por aqui.

    Até mais!

    1. Oi!! Não sabia que esse Se eu ficar já tinha sido publicado pela Rocco. Também fiquei com a mesma sensação de alívio por saber o que aconteceu, mesmo que não fosse o que eu esperava. Que bom que gostou da quote! Também coloquei os dois na lista de releituras, vale muito a pena reler!!
      Beijos!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *